Há 36 anos, Brasil perdia a chance de disputar a medalha de ouro

Há 36 anos, Brasil perdia a chance de disputar a medalha de ouro

No dia 27 de julho de 1976, ou seja, há 36 anos, o Brasil entrava em campo na disputa dos Jogos Olímpicos de Montreal comandado pelo técnico da seleção principal, Claudio Coutinho. A partida contra a Polônia poderia render ao time brasileiro sua primeira vez na decisão do Ouro Olímpico em toda história das Olimpíadas. No entanto, o Brasil teria de esperar mais oito anos pela primeira final olímpica, que só aconteceria em 1984, nos Jogos de Los Angeles.

Isso porque mesmo jogando com uma equipe recheada de jogadores que teriam sucesso em grandes times do futebol brasileiro e na própria seleção, o Brasil acabou derrotado por 2 a 0 pela equipe polonesa que contava, por exemplo, com o craque Grzegorz Lato, destaque na Copa do Mundo de 1974 e que voltaria a se destacar na Copa de 1978.

No Brasil, somente o goleiro Carlos, então da Ponte Preta e o zagueiro e lateral-esquerdo Edinho, do Fluminense, estariam na boa campanha brasileira na Copa da Argentina dois anos mais tarde e também na Copa de 82. Quem se juntaria aos companheiros na Copa da Espanha era o volante e também lateral-esquerdo Júnior, do Flamengo e o volante Batista do Internacional.

Embora não tenham obtido sucesso com a amarelinha, vale destacar alguns jogadores com boa história em grandes clubes como Rosemiro, destaque de Palmeiras e Grêmio; Chico Fraga, no Internacional; Alberto Leguelé, no Bahia e Flamengo; e Eudes de Portuguesa, Cruzeiro e Internacional.

Na partida, o atacante Szarmach marcou duas vezes e na segunda etapa. O primeiro aconteceu logo aos sete minutos e o segundo veio já nos minutos finais, aos 37, sacramentando a derrota brasileira que disputaria o bronze dois dias mais tarde.

Ficha técnica

Brasil 0x2 Polônia

Data: 27/07/1976
Competição: Jogos Olímpicos de Montreal
Local: Estádio Varsity
Público: 21.743 pagantes
Cidade: Toronto (Canadá)
Árbitro: John Patterson (Escócia)
Auxiliares: Jafar Namdar (Irlanda do Norte) e Reginald Arthur Clark (Canadá)
Gols: Szarmach aos 7’ e aos 37’ do 2ºT.

Brasil: Carlos [Ponte Preta]; Rosemiro [Palmeiras] (Marinho) [Atlético-MG], Tecão [São Paulo], Edinho [Fluminense] e Chico Fraga [Internacional]; Batista [Internacional], Júnior [Flamengo], Alberto Leguelé [Bahia] e Jarbas [América] (Eudes) [Portuguesa]; Erivelto [Fluminense] e Santos [Santa Cruz].
Técnico: Cláudio Coutinho.

Polônia: Tomaszewski; Szymanowski, Gorgon, Zmuda e Wawrowski; Maszczyk, Kasperczak e Cmikiewicz (Kmiecik); Lato, Deyna e Szarmach.
Técnico: Kazimierz Gorski.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s